sexta-feira, 27 de abril de 2012

Brasil-Pel empata em casa com o Riopardense

Xavante cedeu o empate na estreia do novo 
técnico Marcelo Rospide

Na noite desta quinta, o GE Brasil recebeu o Riopardense no estádio Bento Freitas, em partida válida pela 15ª rodada da Divisão de Acesso, e empatou pelo placar de 3 a 3. Os gols Xavantes foram marcados por Uilian Nicoletti, no primeiro tempo, Ezquerra e Alex Amado na segunda etapa. Na estreia do técnico Marcelo Rospide, a equipe acabou os primeiros 45 minutos atrás do placar, virou de forma espetacular nos primeiros estantes da etapa final, mas sofreu empate nos acréscimos. Com o resultado, o Brasil assumiu novamente a liderança isolada com 25 pontos, e enfrenta o Riograndense, no próximo domingo (29) em Santa Maria, no estádio dos Eucaliptos.

 O JOGO

A partida começou com um balde de água fria. Logo aos 7 minutos, Juninho Tardelli acertou um lindo chute de fora da área, de primeira, e abriu o placar na Baixada. A equipe do Brasil pareceu não sentir o gol, e partiu pra cima. E chegou ao empate em seguida. Aos 11, o zagueiro Uilian Nicoletti pegou rebote dentro da área, e de canhota estufou a rede da Riopardense, igualando o escore do jogo.

Com o marcador empatado, o rubro-negro da Baixada partiu pra cima do adversário. Aos 18, Alexandre entrou na grande área pela esquerda e cruzou na cabeça de Alex Amado, que subiu mais alto que a zaga e mandou por cima do gol de Henrique. A equipe de Rio Pardo saía nos contrataques, e conseguiu ampliar o placar. Aos 31, numa bola cruzada da esquerda, Carlos Alberto desviou de cabeça e mandou para o gol de Júlio César, que nada pode fazer.

Atrás no placar de novo, o Brasil partia para o ataque. Aos 37, Ezquerra chutou de fora da área, a bola desviou na zaga e foi pra escanteio. Na cobrança, André Ribeiro subiu mais que todo mundo e desviou de cabeça, a bola tirou tinta da trave. Aos 42, Ezquerra cobrou falta, a bola desviou na defesa e explodiu no travessão. O Xavante terminava a primeira etapa atrás no placar.

No segundo tempo, o GEB entrou com tudo, querendo virar a partida. Logo aos 2 minutos, Gavião entrou na grande área e foi derrubado pelo goleiro Henrique, o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, o uruguaio Ezquerra cobrou alto, forte, empatando novamente a partida. E não demorou muito para o vermelho e preto virar o placar. Aos 8, Alexandre cruzou da esquerda, o goleiro espanou de soco, a bola subiu e o baixinho Alex Amado mandou de cabeça para o gol. Explosão no Bento Freitas: o Brasil virava o jogo.

Depois dos gols, a equipe de Rospide diminuiu o ritmo e se concentrou no campo de defesa, saindo nos contrataques. Com isso, o Riopardense pressionou, queria sair de trás do marcador. E tanta pressão, deu resultado. No finalzinho, aos 45, Paulão entrou na área e caiu na chegada de André Ribeiro, o juiz apontou pênalti, mas o bandeirinha não. Estava instalada confusão na Baixada, mas a penalidade estava marcada. Na cobrança, Juninho Tardelli mandou no canto direito de Júlio César, que não alcançou. Placar empatado novamente, sem mais tempo pra nada.

Com o empate, o GE Brasil terminou a 15ª rodada da primeira fase de Divisão de Acesso na liderança isolada, com 25 pontos ganhos. O próximo confronto está marcado para domingo (29) às 14h em Santa Maria contra o Riograndense, no estádio dos Eucaliptos.

AI